Você está aqui: Página Inicial

Casa de Cervejas Especiais em Goiânia - Belgian Dash

15 de Julho de 2009

 
CERVEJAS ESPECIAIS

Há, nas milhares de marcas que existem no mercado, algumas cervejas que podemos designar por especiais. E se é verdade que todas as cervejas são especiais, também não é mentira dizer-se que há umas mais especiais do que as outras. É dessas que falamos aqui. A maior parte delas não são típicas cervejas do dia-a-dia e muito dificilmente teremos capacidade ou mesmo vontade para beber duas, três ou quatro seguidas, como fazemos com as nossas imperiais. O seu sabor intenso e a forte presença de álcool aconselham a que sejam bebidas com moderação e de modo a podermos usufruir de todas as suas qualidades.


Quando se fala em Cerveja Especial, normalmente entende-se um cerveja diferenciada, principalmente cervejas importadas e as cervejas artesanais, além das cervejas de estilos que não sejam Pale Lager, as mais populares no Brasil, ou então cervejas feitas seguindo receitas antigas, tradicionais ou de acordo com a Lei de Pureza da Cerveja - Reinheitsgebot. Em sua maioria, estas cervejas utilizam matérias primas de melhor qualidade, com nenhum ou poucos aditivos químicos.


Belgian Dash - Cervejas Especiais
Casa de cervejas especiais tem mais de 100 rótulos, entre nacionais e importadas


Inaugurada em 2006, com a proposta de ser trazer aos goianiense as melhores cervejas do mundo, a Belgian Dash começou com um pequeno espaço para degustação que logo se tornou pequeno. A casa é a primeira e única do Centro-Oeste que conta com cervejas especiais e tem mais de 100 rótulos, entre nacionais e importadas.
A Belgian Dash conta ainda com várias opções de petiscos como salsichas e lingüiças de origem alemã. Num ambiente aconchegante com música de qualidade e atendimento diferenciado, os freqüentadores tem a chance de degustar e perceber o quanto uma cerveja pode ser maravilhosa e rica em aromas e sabores.
   

O VemComer bateu um papo com o proprietário da casa, que contou um pouquinho da história do estabelecimento:
VemComer: Quando surgiu a ideia do Belgian Dash?
Paulo Zorzetti: A ideia surgiu em fevereiro de 2005, em uma viagem a São Paulo, onde conheci um bar chamado Frangó. Ali eu tive meu primeiro contato com cervejas belgas. A partir daí, comecei a pesquisar e encontrei a Belgian Beer Paradise, no Rio de Janeiro. A BBP era a importadora exclusiva das cervejas belgas e era também um bar e restaurante de culinária belga. Minha inspiração principal veio desta casa que, infelizmente, não existe mais como anteriormente. Hoje permanece apenas uma importadora e uma loja.

Vem
Comer: Quando a casa foi inaugurada?
Paulo Zorzetti: A Belgian Dash foi inaugurada em 19 de setembro de 2006. Como vc pode ver, sou pioneiro na venda de cervejas especiais em Goiânia, estamos quase completando 3 anos no mercado!

Vem
Comer: Você pensou no empreendimento sozinho ou existem outros sócios?
Paulo Zorzetti: Não existem sócios. Minha aventura foi soltária e vai permanecer assim!

Vem
Comer: Quantas cervejas você oferece hoje em seu cardápio? Qual tem mais saída entre os frequentadores?
Paulo Zorzetti: Devo ter cerca de 90 a 100 rótulos, sendo que a disponibilidade deles oscila em função de dificuldades de importação. A mais vendida é a Paulaner, cerveja de trigo alemã. Ela deve ser superada pela Corona, cerveja mexicana da qual temos exclusividade e que por muito tempo foi muito procurada em minha loja. Só agora voltou ao Brasil.

VemComer: Além da cerveja, que tipos de pratos, petiscos são servidos? Qual prato você indicaria?
Paulo Zorzetti: Nossos petiscos são poucos e básicos porque a Belgian não foi criada para ser um bar e sim uma loja. Mas são de ótima qualidade. Trabalhamos com uma excelente linha de salsichas de estilo alemão, que tem muita saída. Temos um ótimo cafuado de carneiro e algumas porções tradicionais mas surpreendentemente deliciosas.

VemComer: Qual o horário de funcionamento da casa? Quantos funcionários trabalham?
Paulo Zorzetti: A casa funciona de segunda à sexta-feira a partir das 15h e aos sábados a partir das 10h. Temos uma funcionária na cozinha e dois atendentes, sendo que um deles acumula a função de gerente, totalizando três funcionários além da responsável pela limpeza.

VemComer: Qual o ritmo predominante no ambiente? E para decoração, o que serviu de inspiração?
Paulo Zorzetti: Nosso foco principal é em jazz e blues com alguma coisa de MPB e rock. E a decoração foi inspirada principalmente na BBP, do Rio.


VemComer: O público goiano já aderiu ao consumo de cervejas importadas? Como tem sido a receptividade do público?
Paulo Zorzetti: O público é restrito pois as cervejas são caras e ainda não existe uma cultura de apreciação de cervejas especiais, como acontece com o vinho. A referência que o grande público tem é das cervejas da Ambev, que têm preço muito baixo. As pessoas ainda não entendem a grande diferença de preço entre uma ceveja especial e as outras. Entretanto, existe uma clientela pequena mas fiel, que não abre mão de beber uma cerveja de qualidade. O mercado está se abrindo aos poucos.
SERVIÇO:

Belgian Dash - Cervejas Especiais

Onde: Rua 91, nº 184 (esquina com a 91-A) – Setor Sul.
Telefone: (62) 3218-6792
Horário de funcionamento: de segunda à sexta a partir das 15h e aos sábados a partir das 10h.
Endereço Web:
www.cervejasespeciais.com.br
(Kelly Cristina – Equipe VemComer)
 

Visitar Estabelecimento