Você está aqui: Página Inicial

"Queima do Alho", concurso de culinária típica na Festa do Peão de Boiadeiro de Barretos

16 de Julho de 2009


DICA DO CHEF WILLIAN

A “Queima do Alho”, concurso de culinária típica onde o chef cozinha em fogões improvisados no chão revela talentos e preserva a tradição e sabores do universo sertanejo.

Na Festa do Peão de Boiadeiro de Barretos, que acontece este ano de 20 a 30 de agosto, um dos pontos mais disputados por turistas e visitantes, é o concurso culinário intitulado “Queima do alho”, em que o chef de cozinha tem características bem peculiares que vão da vestimenta: bota, chapéu e avental, até exigências como cozinhar com fogão improvisado no chão ao mesmo modo dos antigos tropeiros que percorriam o Brasil e ter 40 anos de experiência. O concurso é realizado há 52 anos, e estima-se que seja o mais antigo concurso de culinária típica do país.

O cuidado e a quantidade de segredos que envolvem o preparo da Queima do Alho – composta por arroz carreteiro, feijão tropeiro, farofa de carne e churrasco – são os mesmos de um cheff sofisticado de culinária internacional. O concurso oficial acontece no dia 29 de agosto, segundo sábado do evento.Porém todos os dias os turistas podem saborear o prato típico no local onde é realizado o concurso, chamado de Ponto de Pouso.

Que escolaridade internacional que nada. Para participar do concurso, o cozinheiro chef tem que ter no mínimo 40 anos de experiência e utilizar utensílios típicos da época. “Queremos manter a tradição, a história dos peões que foi essencial para o desbravamento do Brasil por isso nossas exigências abrangem também o modo de preparo antigo”, explica João Paulo Martins, coordenador da Queima do Alho.

O cenário também não poderia ser melhor: as comitivas montam sua “cozinha” em uma ambiente rural característico, improvisando o fogão no chão e braseiros para o preparo do cardápio.

 

O julgamento da comitiva com a melhor comida é realizado por um júri devidamente qualificado, como explica o coordenador. “Entre os nossos convidados estão cozinheiros que participaram realmente das comitivas na década de 1950”, conta.

(Dica do Chef Willian/Revista Gastronomia & Negócios)

 


Visitar Estabelecimento